Um Erro Grave no seu Portfólio

Será que o seu o portfólio está errado? Será que você comete esse erro?

erro grave no seu portfólio

Eae, tudo bele?

Muito provavelmente você está cometendo um erro grave no seu portfólio.

Você já deve saber, até porquê eu já falei algumas vezes sobre esse assunto, mas um portfólio é muiiiitooo importante para sua carreira criativa. E por ser importante assim, que muitos criativos ficam confusos, indecisos e receosos sobre seus portfólio.

Por isso eu tenho uma live no meu Canal no Youtube, onde eu avalio os portfólios dos “Galuchos”. Nessa live, qualquer um pode enviar o seu portfólio para que possa avaliar. E aí eu analiso o portfólio da pessoa na hora, ao vivo, sem nunca ter visto ou conversado com a pessoa antes.

Esse é um tipo de live mais legais para fazer. Além da interação, é legal ver trabalhos de outros profissionais e ajudá-los de alguma maneira com as minhas opiniões e sugestões.

E durante esse processo eu percebi que muitos comentem um erro grave no seu portfólio que é não segmentar. Apesar de perceber isso, nunca me veio a mente fazer um conteúdo sobre, até que vi um trecho de um vídeo do amigo Dhyan Shanasa, do Layer Lemonade.

Então a seguir vou falar um pouco sobre esse um erro grave no seu portfólio que é não segmentar. Vamos nessa?

Um erro grave no seu portfólio

Não segmentar! Esse é o um erro grave no seu portfólio que você deve evitar.

No anseio de criar um portfólio lindo e maravilhoso, muitas vezes nós cometemos esse erro. Existem várias maneiras de segmentar o seu portfólio. Dependendo de onde está alocado o seu portfólio, no seu site próprio ou no Behance, você tem ou não a opção de separar os trabalhos por categorias, por exemplo: web design, design gráfico, edição de vídeo e etc.

Mas a principal segmentação que você pode fazer é por qualidade, importância e objetivo profissional.

A seguir vamos falar sobre esses dois pontos fundamentais.

Segmentar por qualidade

Um ponto importante, para você evitar esse um erro grave no seu portfólio, é separar por qualidade.

Você deve identificar quais são os seus trabalhos que tem uma melhor qualidade. Para isso você precisa desenvolver o seu senso crítico e analítico. Essa analise sobre os seus trabalhos, essa percepção do que é bom ou não, você só adquire através do tempo, como se fosse um processo de alfabetização visual, através de estudos, referências e criação.

É importante priorar pelos melhores. Um portfólio não é um álbum inteiro da sua vida e sim um seleção dos melhores.

um erro grave no seu portfolio: imagem ilustrativa de uma designer tralhando nos eu portfólioGirl checking portfolio at design studio.Por Georgejmclittle /Shutterstock

Segmentar por importância

Ao decorrer da sua carreira você terá trabalhos mais importantes no seu portfólio. Serão trabalhos premiados, que alcançaram melhores resultados, que deram mais lucros e trabalhos feitos para empresas de grande nome e reputação.

Esse tipo de trabalho também é importante. Logicamente, deve existir uma equalização entre qualidade e importância. Não basta ter relevância o seu trabalho se ele não tiver qualidade. É preciso ter uma união entre eles.

Trabalhos desse tipo são uma prova que você é responsável, confiável e que outras empresas ou pessoas de reputação, foram atendidas por você.

Um exemplo que vivi sobre esse tema, foi quando entrei para trabalhar no Itaú. Eu não gostava de lá e acabei saindo depois de pouco tempo, mas só o fato de colocar o nome Itaú no meu currículo, já facilitou demais para que conseguisse novas oportunidades.

Da mesma forma que aconteceu com o meu currículo, pode acontecer com o seu portfólio, caso você tenha algum trabalho com boa importância.

Segmentar por objetivo Profissional.

Esse com certeza é o ponto mais importante da segmentação. Por isso, antes de escolher por qualidade e importância, você deve se questionar:

“Com o que eu desejo trabalhar? Quais trabalhos eu quero fazer de novo? Em qual área eu quero ser reconhecido? Como eu quero ser visto?”

Como já citei, um portfólio não é um álbum de toda a sua vida. Ele é a seleção dos melhores trabalhos.E não só isso: é uma amostra do que você faz, com o que você trabalha e com o que deseja atuar.

Não adianta você colocar no seu portfólio vários trabalhos de design gráfico, sendo que o seu objetivo é web design. Por mais que você tenha um histórico de design gráfico, se o seu objetivo não é esse, você precisa focar na área que deseja prosseguir.

Você até pode colocar um outro de design gráfico, mais importantes, caso ache que o seu portfólio está vazio. Mas é preciso criar e trabalhar para ter trabalhos focados somente naquilo que você deseja prosseguir.

E você não precisa descartar os seus trabalhos de design gráfico, por exemplo. Você pode separar do portfólio de web design, criando um novo portfólio ou uma nova categoria.

Dessa maneira você deixa claro para quem está vendo qual é o foco do seu portfólio, qual é a sua especialidade, com o que você deseja trabalhar e como você quer ser visto ( como um profissional Web Designer, nesse exemplo).

É bom ressaltar, que corrigir um erro grave no seu portfólio não significa que você não possa pegar trabalhos diferentes. É normalmente nessas áreas criativas a versatilidade. E você pode pegar outros jobs para fazer dinheiro, para trabalhar em algo que ache legal e etc.

Porém, esses trabalhos, caso não se encaixem no objetivo do seu portfólio, não precisam ir para a sua galeria de trabalhos. Você deixá-los fora ou até mesmo, como citei, criar um específico para eles.

Eu tenho um eBook sobre como criar um portfólio sem ter ao menos ter trabalhos na área, onde eu passo várias dicas e macetes para você tirar o seu portfólio do papel. Caso lhe interesse, segue o link abaixo para você baixar.

ebook-portfolio

Vídeo 1 Erro Grave no seu Portfólio 😱

Eu tenho um vídeo no Youtube, onde falo sobre tudo o que foi escrito neste artigo e ainda acrescento com mais itens importantes a essa questão. por isso sugiro fortemente que você assista ao vídeo. Veja abaixo o vídeo sobre 1 Erro Grave no seu Portfólio.

Então é isso, Galucho! Se você gostou desse vídeo deixe o seu like e compartilhe com seus amigos que tiverem interesse 😀

Espero que esse vídeo tenha sido útil para você.

E caso não seja inscrito,se inscreva em nosso canal no Youtube [CLIQUE AQUI ]

Deixe a sua opinião, dúvida e experiência nos comentários aqui abaixo, bele? 😀

Até mais.

Forte abraço.

David Arty

Olá. Sou David Arty, fundador do blog Chief of Design.
Sou natural de São Paulo, Brasil. Trabalho com design, principalmente com design para web, desde 2009. Procuro transformar ideias loucas e complexas em peças simples, atrativas e funcionais.