Portfólio de design – Como fazer seu portfólio de forma eficaz

Guia para criação de portfólio que atrai clientes e gera oportunidades

Portfólio de design

Portfólio. Eis aqui uma ferramenta que potencialmente pode ser a chave para abrir portas de oportunidades, mas que muitas negligenciam sobre sua utilização. Muitos nem imaginam o poder de um Portfólio de Design.

Este artigo é para desenferrujar essa chave e tirar suas dúvidas sobre como criar um portfólio eficaz para que você possa destrancar de vez as portas do mercado de trabalho.

Quem atua, ou pretende atuar, no ramo de design sabe que para conseguir algum trabalho, desde o estágio até um cargo sênior, é de fundamental importância ter um portfólio eficiente e atualizado.

Então até o final deste conteúdo você terá informações suficientes para começar agir proativamente na construção do seu portfólio de design. Principalmente você que está começando agora e se sente perdido, pois ainda não trabalhou em nenhum projeto, em nenhuma empresa, e/ou ainda não conseguiu cliente como freela.

O que você verá neste artigo:

O que é portfólio?

O que é portfólio?

Um portfólio é uma coleção organizada de projetos relevantes que mostram seus talentos, habilidades mais relevantes que evidenciam seu crescimento profissional.

Podemos dizer que é uma apresentação das habilidades, qualificações e experiências de um candidato a emprego para empregadores em potencial, e para oportunidades de trabalho em geral.

No caso de um web designer, por exemplo, pode ser um conjunto de seus melhores websites. Ou no caso de um designer gráfico, pode ser um conjunto das suas melhores peças.

Vantagens de possuir um portfólio

Vantagens do Portfólio

A grande vantagem de possuir um portfólio nas áreas relacionadas ao design e de criativos em geral é que por se tratar de uma apresentação visual causa muito mais impacto que apresentar um currículo.

Não quero dizer aqui que o currículo não tenha importância. Mas o portfólio, quando bem feito, apresenta para o recrutador o que você é capaz de fazer na prática e isso já te deixa em posição de destaque em relação aos seus concorrentes.

Apresentar um portfólio também é vantajoso para o profissional que avalia seu trabalho, porque ele poderá ter uma ideia antecipadamente de como é seu trabalho na prática e poder comparar com os trabalhos de outros profissionais. Isso é muito bom para saber se seu perfil é adequado ao projeto proposto antes de fechar qualquer contrato.

Mas sem dúvida alguma um portfólio é muito vantajoso para um iniciante porque somente apresentando um bom portfólio será possível obter os primeiros trabalhos.

Tipos de portfólio

Basicamente podem construir dois tipos de portfólio, o físico e o digital. Vamos a eles:

Portfólio físico:

Portfolio físico
Portfólio por Piotrek Chuchla

Não é tão comum, visto que com o avanço da internet e demais tecnologias, diminui o uso de portfólio físico.

Mas pode ser que, para casos específicos, seja necessário apresentar trabalhos em versões impressas.

Então basicamente, um portfólio físico, é uma pasta contendo versões impressas dos melhores trabalhos.

É indicado que para causar um impacto positivo durante a apresentação dos trabalhos eles sejam produzidos com papel e impressão de qualidade.

Portfólio digital:

Portfolio Digital
Portfólio de aluna do Chief of Design

Basicamente podemos considerar como portfólio digital peças que podem ser enviadas e baixadas através de um arquivo PDF para serem visualizadas em um dispositivo como celulares, tablets e computadores. Ou trabalhos que podem ser visualizados em um navegador ao acessar um endereço eletrônico, ou seja um portfólio online.

Portfólio em PDF

O portfólio em PDF é um meio bastante prático. Várias softwares são capazes de salvar ou exportar versões em PDF da criação de um portfólio e com isso você pode enviar para qualquer pessoa.

A visualização de qualquer trabalho em PDF é algo também bem comum para os avaliadores, portanto também é prático para eles acessar as informações que eles precisam.

Entretanto toda essa praticidade tem um ponto negativo. Certamente os recrutadores recebem muitos arquivos como este e seu projeto não for notável pode ser esquecido entre os concorrentes.

Portfólio online

O principal benefício de ter uma página de portfólio é que ela estabelece sua marca na web. 

O simples fato de ter uma menção ao seu serviços online dá acesso a muitas pessoas que fazem suas pesquisas através dos mecanismos de busca antes mesmo de decidir trabalhar com uma empresa ou contratar uma nova pessoa.

Uma vez que os sites estão disponíveis 24 horas por dia, as pessoas podem navegar até o seu portfólio sempre que for necessário. Um portfólio online é, portanto, uma ótima ferramenta de aquisição de clientes ou de busca de empregos.

Como organizar seu portfólio de design?

Vou apresentar agora para você alguns passos para te ajudar a organizar seu portfólio. Você pode adaptar para seus objetivos e para o segmento que você atua, seja na área de design gráfico, web design, UX/UI, entre outras.

1 – Foque em apresentar por completo as soluções

Coloquei este tópico logo de cara porque acredito que ele fala de algo que apresenta mais do que um projeto em si. Mostra sim como você se envolve em cada solução.

Um erro bastante comum em portfólios é focar apenas nas manchetes ou nos aspectos visuais do seu trabalho. Quando fazemos isso deixamos de lado a oportunidade de mostrar como analisamos os problemas, como tomamos as decisões, e os processos que chegaram a tal solução. 

Em outras palavras, não mostre apenas as imagens, ou os nomes do que você fez, ou das empresas para as quais trabalhou. Em vez disso, concentre-se em como você pode agregar valor.

Se concentre em falar sobre as metas que foram alcançadas e como seu envolvimento tornou isso possível. Isso fornece muito contexto e informa à pessoa que está avaliando por que o projeto foi um sucesso.

2 – Coloque em seu portfólio somente os melhores projetos

Três projetos bem feitos é muito melhor do que vários insatisfatórios.

Mesmo se você incluísse apenas um exemplo incrível de seu trabalho, você ainda estaria em melhor situação do que ao incluir 20 pequenos projetos “meio a bocas”.

Qualidade é mais importante do que quantidade. Se tiver muitos trabalhos escolha somente os melhore, apresente-os e os mantenha atualizados.

3 – A apresentação visual deve valorizar os trabalhos

É imprescindível que o local que seus trabalhos serão apresentados, principalmente se for online, não estrague a experiência de quem avaliará seu portfólio.

Você pode ter trabalhos fantásticos, mas é importante que a plataforma escolhida para expor seus trabalhos seja adequada. O layout do site não deve chamar mais atenção que seus trabalhos.

Um portfólio online deve possuir um site bem organizado, acessível e com um visual agradável que não compete com sua galeria de trabalhos.

Uma dica é apostar na simplicidade com um layout cujo layout que facilite a leitura, a visualização e a navegação.

Aqui no Chief of Design você tem dezenas de artigos com ensinamentos sobre construção de interfaces, design e web design que podem te orientar nessa missão.

4 – A ordem na apresentação de seus trabalhos

Não existe uma regra certa. Você pode definir o critério que você julgar melhor, só não deixa “jogado”.

Você pode optar por categorizar por assunto. Exemplo: em um portfólio de websites você pode criar categorias: ecommerce, institucional, blog, landing-pages, etc  

Ordenar por data, seja de forma crescente ou decrescente pode revela para o cliente a evolução de seu trabalho.

Mas simplesmente você pode optar por organizar de acordo com seu critério de qualidade, do melhor, para o de menor “qualidade”.

Você também pode levar em consideração os feedbacks que recebe para definir o nível de qualidade de cada um de seus trabalhos.

5 –  Apresente-se e liste suas principais realizações e habilidades

Não só seus trabalhos devem brilhar no seu portfólio, você também é a estrela. Portanto apresente-se e suas principais realizações e habilidades.

Aproveite suas habilidades criativas para apresentar na interface no portfólio suas principais habilidades, realizações, certificações, graduação e tudo que agrega valor.

6 – Informações de contato

Tão importante como ter seu portfólio avaliado e ser contactado depois. Por isso dê às pessoas a capacidade de entrar em contato com você.

As principais ferramentas que encontramos para construirmos portfólios possibilitam inserir suas informações de contato  acesso para redes sociais importantes como o Linkedin.

Construtores de sites como o WordPress permitem construir formulários de contato  com alguns poucos passos.

7 – Testemunhos

Se você os tiver, os depoimentos podem ser um elemento incrivelmente poderoso e, provavelmente, a melhor maneira de provar que suas realizações e o valor que você pode agregar são realmente reais.

Mas quando estamos começando, talvez os testemunhos sejam escassos. Até mesmo trabalhos para apresentar no portfólio podem ser difíceis de conseguir. Por isso, no próximo tópico passarei dicas de  como criar portfólio se você ainda não tem trabalhos para apresentar.

BÔNUS: “Desafio O seu Portfólio online”

Se você está com dificuldades para construir seu portfólio, eu trago uma novidade que criei para você. Se trata do “Desafio O seu Portfólio online”.

Desafio O seu Portfólio online

O Desafio o seu Portfólio Online é um projeto que vai te munir com as melhores estratégias para você criar e expor seu portfólio.

Este curso é indicado para você que almeja sucesso na carreira, mas nem sequer tem um portfólio, ou até tem um, mas você não está seguro sobre a qualidade dele.

O Desafio o Seu Portfólio Online vai te ajudar a criar seu portfólio e a se destacar da multidão. Então clique neste link para conhecer melhor o projeto!

Dicas de como criar portfólio de design se você ainda não tem trabalhos para apresentar

Redesign de web site
Redesign de web site

Muitas pessoas travam na construção de seus portfólios porque não conseguem trabalhos para apresentar. Mas você pode começar sim, mesmo sem ser contratado para jobs.

O segredo está em construir “peças fantasmas”.

Você pode achar que isso não tem credibilidade, mas você se engana. Não é porque um cliente te contrata para um projeto que ele, concluído e aprovado pelo cliente, que este seja um primor de qualidade.

Na verdade, muitos bons trabalhos podem vir de peças fantasmas. Então ponha a mão na massa e crie cases.

Veja alguns exemplos:

  • Você pode imaginar um cliente fictício, criar um briefing para ele, responder você mesmo as perguntas, faça todo o planejamento e criar um site, uma identidade.
  • Você pode fazer o redesign de uma marca ou interface de site.
  • Você pode fazer um trabalho de forma gratuita para uma entidade beneficente que precise ser divulgada. Além de ajudar você terá material para seu portfólio.

Isso é só algumas ideias para você começar. E onde você pode construir seu portfólio caso você queira apresentar online?

É isso que veremos no próximo tópico.

Plataformas para apresentar meu portfólio

Eu gosto da ideia de um profissional ter seu próprio site para expor seus trabalhos. Um local só seu para ser encontrado. Mesmo que de forma paralela ele opte por outras plataformas.

Traz um ar de seriedade e profissionalismo maior. Ainda mais se for Web Designer. Mas isso é minha opinião.

Caso você queira seguir este caminho terá que investir em hospedagem e domínio para manter seu portfólio no ar. E também com o custo para construir o site.

Existe o WordPress que facilita as coisas ainda mais se instalar a ferramenta Elementor que possibilita construir sites com mais facilidade. Você pode saber mais dessas ferramentas clicando aqui.

E caso algo mais simples, mas com boa qualidade, temos plataformas interessantes exclusivas para criativos. Veja a lista a seguir:

Behance

O Behance é uma ferramenta para criação de sites gratuitos, e geralmente utilizada para a confecção de portfólios online. 

Basta você acessar para ver esta ferramenta para ver uma infinidade de trabalhos de criativos em geral.

Ela oferece recursos para você organizar imagens e textos e publicar seu portfólio.

Dribbble

O Dribbble é uma comunidade para designers e criativos em geral na qual os participantes podem interagir entre si, mas que para você conseguir postar seus trabalhos é necessário que você seja convidado por um usuário que já faça parte dele.

Isso ajuda a controlar a qualidade do ambiente, segundo os defensores desse método,

Cargo Collective

É uma plataforma para criação de sites bem simples e gratuita. E é possível encontrar trabalhos de criativos por lá, isso porque ele oferece templates relacionados à criatividade, apesar de serem um poucos estranhos.

DeviantArt

É uma famosa galeria online para exposição de ilustrações artísticas. Possibilita a inserção de uma bio, descrição e exposição de imagens dos seus trabalhos.

É mais adequado ao portfólio de ilustradores.

Medium

O Medium é uma plataforma mais adequada para construção de artigos, mas vem sendo bastante utilizada também para estruturar cases de portfólios de UI/UX.

Como divulgar seu portfólio de design?

Como divulgar seu portfólio?

Não existe melhor lugar que a internet para divulgar seus trabalhos. As próprias plataformas dão uma força neste sentido.

Entretanto, você pode usar as principais redes sociais para fazer a divulgação, sendo que o Linkedin é uma das melhores já que lida com questões profissionais.

Você pode também usar os mecanismos de busca a seu favor. Eles sempre estão pesquisando os melhores conteúdos e se você além de criar, gosta de escrever pode escrever um blog e quem sabe receber visitas que se interesse pelo seu trabalho como Designer. É uma forma indireta de divulgar seu portfólio.

E por fim, caso queira atuar como freelancer, você pode pagar anúncios para que o site do seu portfólio seja encontrado interessado por seu serviço. Só que aqui deve-se considerar um certo investimento que talvez não seja interessante arcar quando se está começando.

Conclusão

Um portfólio de design profissional é uma coleção de trabalhos e outros documentos que mostram suas habilidades para empregadores em potencial.

  • Pode ser criado em formato digital ou físico.
  • Com seu portfólio lançado e devidamente promovido você notará alguns benefícios:
  • Mais cedo ou mais tarde seu trabalho será encontrado;
  • Ele possibilitará que seu trabalho seja avaliado pelos clientes;
  • Surgirão as primeiras propostas devido ao meio natural de promoção;
  • Seu trabalho poderá ser notado por outros profissionais da área;
  • Você pode ser convidado para fazer parcerias;
  • Surgirão oportunidades de melhorias decorrentes do feedback dos clientes e dos parceiros.

E caso você precise de uma orientação mais detalhada sugiro que você conheça o “Desafio O seu Portfólio online”.

Espero que você tenha gostado do conteúdo. Deixe seu comentário em caso de dúvidas e aproveite e compartilhe esse artigo com seus amigos.

Abraço!

David Arty

Olá. Sou David Arty, fundador do blog Chief of Design.
Sou natural de São Paulo, Brasil. Trabalho com design, principalmente com design para web, desde 2009. Procuro transformar ideias loucas e complexas em peças simples, atrativas e funcionais.


Also published on Medium.