Por que Eu uso WordPress como CMS e você deveria fazer o mesmo?

Descubra porquê o Wordpress pode facilitar a sua vida na hora de desenvolver um projeto Web

Wordpress - gerenciador de conteúdo

Eae, tudo bele?

Você sabe por que o Chief of Design usa WordPress? Você imagina por que eu o indico caso você precise de um gerenciador de conteúdo?

Pode parecer óbvio as motivações que levaram um projeto como o Chief of Design, que é focado em publicações de conteúdo, usar o WordPress. Afinal o WordPress foi concebido originalmente para construção de blogs e engloba quase 70% do mercado que trabalham com CMSs.

Entretanto existem outras opções no mercado que poderiam muito bem ter sido escolhidas por mim como gerenciador, e elas foram lembradas.Sugiro que você também os leve em consideração quando pensar nos requisitos dos seus projetos. Porém é quase irresistível não indicar o Worpdress a você quando nós temos uma relação de satisfação com este CMS. Não que não tenha problemas com ele, claro. Todo sistema tem, ou pode, ter problemas. Isso é normal.

Mas longe de expor uma opinião de torcedor, os argumentos aqui apresentados serão baseados em constatações observadas muito antes de fundar o Chief e espero que possa te ajudar em suas escolhas futuras, optando ou não por WordPress.

Então vamos saber por usamos WordPress por aqui?

WordPress é fácil para instalar, configurar, gerenciar e manter

Umas das questões que tenho que lidar é administração de tempo. Ah , como é complicado, viu!

Então lidar com uma ferramenta que traga facilidades é um dos pré-requisitos para escolha de um CMS.

Já naquele tempo, quando comecei a rascunhar as primeiras ideias sobre o Chief, ganhar tempo era uma prioridade, afinal só poderia mexer no projeto nos momentos de folga e dedicar o maior tempo com criação de conteúdo e o mínimo com gerenciamento.

Para quem for instalar o WordPress pela primeira vez pode se surpreender se espera por uma instalação complexa. Porque é simples e rápido.

Em questão de configuração e gerenciamento a curva de aprendizagem é curta. E o CMS avisa sobre a necessidade de atualizações que podem ser feitas a um clique.

Caso você queira saber como instalar o WordPress veja este artigo.

E dependendo da hospedagem que utilizar essa ação pode até ser mais simples com instaladores automáticos. Como a Hostnet, por exemplo que tem o seu próprio sistema de instalação focado em WordPress.

É de código aberto

open source

Vista que o Chief era um projeto que estava começando, umas das premissas era atingir os primeiros objetivos com o mínimo de recursos possíveis, ou seja, com pouca audiência prevista nos primeiros meses não se justificava investir em ferramentas caras, servidor dedicado e no que se refere a gerenciador, logicamente, soluções pagas estavam fora de cogitação. Uma solução open source era o que eu buscava.

Pois bem. O WordPress é open source e livre de restrições comerciais e limitações. Você pode baixá-lo e subi-lo no servidor de hospedagem que você escolher e usar da forma que você bem entender.

Possui uma comunidade enorme

comunidade wordpress

Esse lado positivo do WordPress eu enxerguei muito antes mesmo de passar em minha mente em construir um blog sobre conteúdos para Web. Foi quando tive a necessidade de construir um site dinâmico e não sabia por onde começar, que encontrei soluções práticas na grande comunidade que cria conteúdos sobre WordPress, e soube que a partir daí teria respostas para grande parte das minhas dúvidas.

Essa comunidade enorme é consequência de um enorme número de seguidores sedentos por conteúdo. Daí o resultado foi “zilhões” de sites que falam sobre o assunto, um fórum feito especialmente para dar suporte, diversos eventos presenciais sobre o tema pelo mundo e desenvolvedores que criam temas e plugins para o WordPress.

Sabendo disso antecipadamente tive a certeza que o Chief estaria bem amparado.

Lógico que tem muita coisa espalhada na web e que você tem que angariar com paciência, ou optar por treinamentos como o meu curso Web Designer Pro, que possui módulos organizados sobre esse assunto.

Além da comunidade Web, também existem eventos presenciais da comunidade como palestras, workshops e meetups. Inclusive no wordcamp de 106 em São Paulo, eu estava lá. Duvido você me encontrar na foto abaixo 😛

wordcamp-saopaulo-2016

Ele é amigável para os mecanismos de buscas

Ter um site “encontrável” é objetivo para qualquer projeto, independente da ferramenta que você desenvolve. Você pode criar um site estático somente com HTML e CSS, mas sua preocupação com SEO deve estar presente.

De nada adiantaria escolher um CMS para o Chief, por melhor que ele seja, que não fosse amigável aos mecanismos de buscas. E WordPress é bem-conceituado neste quesito.

Nada mais, nada menos que Matt Cutts, engenheiro de software e ex-chefe da equipe de spam da web no Google declarou que o WordPress cuida de 80 a 90% de SEO.

Yoast seo

Sem contar que você pode instalar uma funcionalidade através de um plugin gratuito chamado Yoast SEO que facilita e muito sua vida, provendo vários aspectos de SEO em seus sites.

Não abro mão deste plugin no Chief. Se você quiser saber mais sobre plugins importantes para o seu site em WordPress, sugiro que leia este outro artigo do aqui do blog.

WordPress é muito mais que um gerenciador para blogs

Já passou da época em que o Worpdress era um ótimo gerenciador de blog. Na verdade, ele é um CMS completo para todos tipos de sites. Basta a instalação de alguns plugins e você já tem uma loja virtual ou uma rede social.

Enquanto projetava o Chief of Design, vislumbrava o que mais um gerenciador de conteúdo poderia prover se eu quisesse oferecer de forma diferente os meus conteúdos. De repente poderia me ver com a necessidade de fornecer aos meus seguidores uma área de membros, poderia necessitar de algum recurso que me ajudasse a conquistar leads, etc.

Hoje em dia, boa parte destes recursos são realidades mesmo que através de plugins premium (pagos). O que faz que eu tenha uma melhor interação com meus seguidores além da interface do blog.

O WordPress possibilita a integração, desde que você adquira ferramentas corretas,desde criados de landingpages, áreas de membros até com ferramentas de e-mail marketing, por exemplo.

Interface de administração intuitiva

Wordpress como CMS- WP publicações

Está aí uma coisa que gosto muito no WordPress. A interface administrativa deste CMS é muito boa. O que faz que em pouco tempo usuários comuns possam gerenciar seus projetos.

A interface é intuitiva, fácil de usar e de acessar dados.

Acredito que esse é um os diferenciais do WordPress que você pode levar em consideração na hora de escolher um CMS.

Afinal, grande parte (ou praticamente tudo) das ações que um cliente realizará em um site dinâmico, construído por você, será na área administrativa. E o WordPress manda bem no que se refere ao Design de interface de usuário.

O WordPress possui ótimos temas modernos e responsivos

Wordpress como CMC - temas wordpress

Existe uma gama de desenvolvedores que constroem sites adaptados para diferentes resoluções de telas. Isso já esperado quando comecei a descobrir o WordPress, tanto que quando comecei o Chief sabia que encontrar um bom tema responsivo não seria problema.

Claro que tendo conhecimentos em CSS, você poderá trabalhar ainda mais a responsividade de seus sites (sobre personalização vou falar mais à frente). Foi o que eu fiz no tema que o Chief usa atualmente.

O WordPress possui uma ferramenta de busca que possibilita encontrar diversos temas. Possui até filtro por características. Mas caso não encontre nos gratuitos o tema o ideal para  você, pode optar por temas pagos como os do site themeforest.

O WordPress possui plugins que são uma mão na roda

plugins wordpress

O WordPress foi criado para ser estendido. E esta forma de extensão é gerada pelos chamados plugins. A comunidade web aderiu a esta possibilidade e por isso que desenvolvedores em todo mundo criam funcionalidades extras, a todo tempo, que são adicionadas ao núcleo do gerenciador.

Pensou em uma funcionalidade para seu site? A chances de Worpdress ter um plugin que supre essa necessidade é grande.

Reconheço que outros CMSs, como o Drupal e o Joomla, dispõem de extensões como os plugin do Worpdress, mas a disponibilidade e variedade do WordPress é impressionante.

Existem alguns plugins que são tão bem classificados que dificilmente imagino o Chief sem alguns deles.

São plugins para SEO, segurança, performance, redes sociais, formulários, entre tantas funcionalidades que fico pensando o que seria de mim se tivesse que desenvolver tudo isso. Com poucos cliques você instala e ativa e, se precisar, realizar algumas configurações.

Obs.: Só não abuse no uso de plugins para não diminuir a performance de seus sites.

Altamente personalizável

A minha preocupação na hora de construir os meus projetos era se com apenas o domínio de HTML e CSS e fuçando na documentação do WordPress, seria possível personalizar um tema, que baixei na web, a partir do código inserindo campos e seções e personalizando o layout. E a resposta foi sim, tanto que visualmente o blog do Chief é muito diferente do tema original.

Esta personalização é feita através de temas filhos, assunto que poderemos abordar no futuro.

Se você manja de PHP você poderá ter um domínio ainda maior da personalização, pois grande porcentagem da parte funcional de um tema WordPress é formada por arquivos com extensão .php.

É possível também que você faça uma personalização mais abrangente se você dominar a criação de temas raiz ou a partir de um framework para ganhar mais tempo, como por exemplo o framework Odin, desenvolvido pela comunidade brasileira de WordPress.

Temas a partir do zero, temas a partir de frameworks e temas filhos são as formas que possibilitam um projeto altamente personalizável. Todavia ainda existe uma forma que possibilita uma menor de customização, que é através da customização do tema. Essa personalização varia de tema para tema e não mexe de forma efetiva com códigos.

Dependendo do tema é possível alterar a cor de fundo, a imagem de cabeçalho, inserir logo, inserir widgets e até mexer na tipografia.

Em comparação com os outros métodos citados anteriormente ele é bem inferior, porque não permite mexer de forma efetiva e profunda no layout.

 Por que você deveria usar WordPress em seus sites?

Acredito que você já tenha percebido o potencial do wordpress e que utilizá-lo é uma ótima escolha se precisas de sites dinâmicos.

O WordPress pode trazer boas vantagens como: facilidade de instalação e gerenciamento, uma comunidade disposta a oferecer os melhores conteúdos de suporte, um site otimizado para os mecanismos de buscas, funcionalidades extras e temas diversos e a possibilidade de customização. Tudo isso já seria suficiente para aderir a este CMS.

Mas caso você ainda esteja na dúvida que tal testá-lo?

Sim, você pode testar o WordPress de fora local, ou seja, no seu computador, sem precisa de uma hospedagem.

Nos diga oque acha: você acredita que o WordPress é uma boa escolha para maioria de seus projetos? Caso queria testar, leia esse artigo do Chief.

Caso tenha dúvidas, opiniões e relatos sobre o tema, deixe o seu comentário abaixo. A sua participação é importante 🙂

Forte Abraço.

Até mais.

Referências

WordCamp SF: Google & What You Need to Know

David Arty

Olá. Sou David Arty, fundador do blog Chief of Design.
Sou natural de São Paulo, Brasil. Trabalho com design, principalmente com design para web, desde 2009. Procuro transformar ideias loucas e complexas em peças simples, atrativas e funcionais.